Notícias

Notícias

Terrenos da ex-Lisnave vão para venda em 2019

O Estado vai colocar à venda os terrenos localizados em Almada onde estiveram instalados os estaleiros da Lisnave, adianta ao Público o presidente da Parpública, Miguel Cruz, numa entrevista publicada esta segunda-feira, 11 de Junho.

 

São cerca de 630 mil metros quadrados, localizados na margem Sul, em Almada, e vão ser colocados à venda durante o primeiro trimestre do próximo ano. A notícia foi adiantada pelo Jornal Público pelo presidente da Parpública, a holding que detém participações e activos imobiliários do Estado.

 

A ideia, explica Miguel Cruz, é colocar no mercado, num único lote, os terrenos onde funcionaram os antigos estaleiros. A Parpública está neste momento a realizar as necessárias avaliações do imóvel na Margueira e a preparar o necessário caderno de encargos, que o responsável da empresa espera ter concluído até ao final deste ano. O valor encaixado com a venda será uma boa ajuda para abater ao défice, acredita. E há já valores sobre a mesa, mas o responsável não quer adiantar quais. "Tem havido várias visitas e sabemos que há interesse pelos terrenos", afirma.

 

A Parpública associou-se ao Estado nos vários processos de privatização entre 2000 e 20017. "Estamos a falar de 40 exercícios de privatização, num valor de 13.600 milhões de euros entregues ao Estado", explica Miguel Cruz. Para situar o facto de a dívida do Estado com a Parpública rondar actualmente os 4.500 milhões de euros. Uma dívida que, sublinha, se pretende que seja totalmente eliminada, ainda que de forma gradual. 

 

Fonte |  Jornal de Negócios